Entenda os benefícios de cada tipo de aveia

Seja em flocos, farinha ou farelo saiba, de uma vez por todas, quais são as diferenças e vantagens das variedades deste cereal

 Repleta de benefícios e versátil em diversas receitas: estas são algumas das qualidades da aveia. Este cereal, muito popular na alimentação do brasileiro, chama a atenção por ser rico em ferro, cálcio, vitaminas, proteínas e fibras, além do gosto ser atrativo e ideal para incrementar qualquer prato.

Com o nome científico de avena sativa, o grão se disseminou no país graças à facilidade de seu cultivo, adaptando-se bem à grande variedade de solos. 

A aveia também é um item essencial para quem busca uma rotina alimentar leve e saudável. Disponível em diversos formatos no mercado – flocos, farinha, farelo, entre outros – vamos explicar neste texto as diferenças de cada uma delas. 

Os principais tipos de aveia

  • Aveia em flocos: 

Feita pelos grãos de aveia prensados integralmente. Os flocos conservam seus principais nutrientes e podem ser encontrados em versões mais finas ou grossas.  Rico em amido, é o tipo que mantém a maior quantidade de carboidratos, ideal para esportistas de alta performance. 

  • Farelo de aveia: 

Retirado a partir da casca do grão de aveia, o farelo é muito nutritivo: tem alta concentração de fibras, minerais, vitaminas e proteínas, além disso tem a menor quantidade de carboidratos e pouco amido. A diferença entre o flocos e o farelo é que o farelo passa por um processo de moagem, diminuindo o tamanho do grão. Este tipo é recomendado a pessoas com alto colesterol e para pessoas resistentes à insulina. 

  • Farinha de aveia:

Produzida a partir da parte interna do grão. A farinha possui menos fibras, pois seu processo de fabricação descarta a casca, porém mantém os carboidratos e proteínas. É o tipo que tem o maior índice glicêmico, mas é mais saudável que a farinha de trigo, sendo indicada na preparação de bolos e pães.

Comer aveia faz bem à saúde?

Sim! A aveia fornece muitos nutrientes para o organismo como cálcio, ferro, proteínas, vitaminas do complexo B e E e carboidratos.

Veja alguns benefícios do consumo do cereal:

  • Ajuda a reduzir o colesterol 

O cereal também possui fibras solúveis que ajudam no bom funcionamento do intestino, bem como garantindo a sensação de saciedade. Entre as fibras, a betaglucana, presente especialmente no farelo de aveia, é a que mais ganha destaque devido à sua função de reduzir os níveis de colesterol LDL do sangue, o considerado ruim para a saúde. 

  • Controla o açúcar no sangue 

O grão de aveia ajuda a controlar o índice glicêmico pós-prandial em pessoas com diabetes do tipo 2, diminuindo a velocidade que o açúcar é absorvido pelo organismo, provocando menores picos de insulina. 

  • Melhora a digestão 

Comer aveia frequentemente ajuda o sistema digestivo, evitando assim a prisão de ventre. Isto acontece, pois, as fibras presentes no grão retém mais água, aumentando o volume das fezes e tornando-as mais macias, sendo facilmente eliminadas pelo corpo. 

Principais formas de consumir aveia

Conhecida pela sua versatilidade, a aveia pode ser consumida de diversas maneiras. Aqui no Brasil, o mais popular é a receita de mingau, feita com leite e açúcar. Polvilhada em frutas, com iogurte e até mesmo em bolos, pães e barrinhas de cereais, o que não faltam são opções para comer esse cereal nutritivo que faz muito bem à saúde! 

Agora que você já sabe as diferenças, aproveite e acrescente aveia em sua alimentação hoje mesmo! 

Deixe um comentário