GOAL: Como individualizamos a jornada de saúde de cada pessoa

Uma vez esclarecido o método RECRIAR, pelo qual nós montamos o Plano de Jornada de cada membro, os miHmados, vamos nos aprofundar no processo operacional que permite esta abordagem mais individualizada – nosso propósito como empresa, ou melhor, nosso GOAL.

O GOAL é o acrônimo que abrange os seguintes termos:

  • Gerenciamento da utilização e dos custos;
  • Orientações ao miHmado;
  • Acompanhamento da jornada de saúde;
  • Letramento em saúde.

Vamos analisar cada termo:

Gerenciamento da utilização e dos custos

Consiste em um acompanhamento da utilização do plano de saúde para comparação de indicadores quantitativos relacionados aos custos e à utilização de recursos do plano de saúde.

Além disso, é feita uma análise que categoriza o miHmado com base no seu perfil de risco, tomando por base a utilização do serviço suplementar de saúde e o seu estado de saúde no momento da inclusão no programa da miHmo. 

Orientações ao miHmado

Uma vez realizado um diagnóstico situacional em relação à saúde do miHmado, a equipe de saúde da miHmo entra em contato com ele para orientá-lo e impulsioná-lo em seu próprio autocuidado. Neste sentido, temos premissas importantes, que procuramos seguir com todos os miHmados:

  •   Atendimento ativo e receptivo: consideramos que neste primeiro momento o miHmado precisa de um “empurrão” para começar sua própria jornada de saúde. Este conceito foi importado da teoria de progresso pessoal de Jobs to be Done;
  •   Estabelecimento de parceria: o miHmado apresenta autonomia para decidir suas necessidades principais e quando e como deseja ser abordado;
  •   Individualização do atendimento: um mesmo diagnóstico situacional pode gerar diferentes abordagens, considerando a idade, o sexo e as preferências pessoais em relação às atividades de mudança do estilo de vida. Ainda, as causas raízes de uma mesma condição podem ser completamente diferentes entre si e somente com uma análise cuidadosa e empática podemos entender o que exatamente determinados sintomas significam. Temos vivenciado diversas experiências neste sentido. Por exemplo, o acompanhamento de miHmados que estejam passando por questões referentes à ansiedade e dificuldade de manejo de emoções costuma demandar distintas orientações. Em alguns, a ansiedade pode ser determinada por problemas de relacionamentos e dificuldades no trabalho. Em outros, este mesmo transtorno situacional pode ter origem em uma alimentação muito inflamatória e em desequilíbrios no sistema digestivo. E ainda há aqueles em que os problemas emocionais são causados por dificuldades para dormir. Enquanto a abordagem no primeiro caso inclui técnicas de relaxamento e de coaching pessoal, no segundo caso, uma orientação nutricional se faz preponderante e no terceiro, um detalhamento de como melhorar a higiene do sono é fundamental. Aqui, mais uma vez, a premissa de um único tamanho para todo mundo não se mostra adequada em nosso modelo de negócio e diferentes ações são necessárias dependendo das forças e das deficiências do miHmado;
  •   Referenciamento para o tratamento na rede credenciada: nós não nos propomos a substituir um atendimento médico, quando este é necessário. Nosso trabalho atua em conjunto com a rede credenciada, no sentido, contudo, de diminuir os custos e gastos desta ao mesmo tempo em que a qualidade de vida do miHmado apresenta um avanço;
  •   Registro de depoimentos, sugestões, reclamações e elogios: estamos sempre receptivos para um retorno do miHmado, seja nos mostrando suas conquistas, seja apontando falhas que precisam ser ajustadas neste processo. Acreditamos em um crescimento contínuo e dinâmico. 

Acompanhamento da jornada de saúde

O acompanhamento da jornada de saúde de cada miHmado é realizado por meio do monitoramento das atividades e de indicadores ligados às resoluções de saúde. À medida que o miHmado avança e apresenta progressos em determinadas resoluções, nós podemos redefinir novas orientações. Ainda, como se trata de um processo dinâmico, podemos adequar melhor as atividades de acordo com o feedback do próprio miHmado.

Letramento em saúde

Finalmente, uma estratégia utilizada para o empoderamento do miHmado em seu autocuidado é por meio da educação em saúde. Para isto, tomamos o cuidado de não assumirmos um discurso muito acadêmico de “professor e aluno” e propomos informações de acordo com os interesses do miHmado, com seu estilo de aprendizado e com sua bagagem de conhecimentos prévios. Por exemplo, alguns podem apresentar mais facilidade com vídeos ou podcasts, enquanto outros podem preferir leituras. 

O objetivo primordial do nosso GOAL é construir uma aliança de cuidado com o miHmado e despertar nele a competência para direcionar sua própria saúde. Assim, conseguimos evitar a instalação de enfermidades ou mesmo silenciá-las ou promover uma regressão delas. É um gol certeiro na rede, mas é também um jogo em que todos ganham.

Deixe um comentário