Jobs To Be Done: Como alinhar as necessidades de saúde de cada pessoa

Como levar a saúde de maneira transformadora para as pessoas? Essa foi a pergunta que norteou a criação da miHmo. Nosso propósito foi apostar em uma empresa que mudasse a relação indivíduo/saúde existente para uma definitiva, única, personalizada e efetiva, com toda a complexidade que o ser humano tem. 

Em nosso artigo anterior, a médica do time miHmo, Anna Carolina Pousas Navarro, falou sobre a Medicina P4, que utiliza os pilares da prevenção, predição, participação e personalização para transformar a abordagem da saúde, saindo da “reativa”, focada em doenças e controle dos sintomas, para uma “proativa”, voltada para a promoção de saúde e do bem-estar. 

Para este conceito da Medicina P4 funcionar, criamos uma nova metodologia de trabalho que nomeamos de Recriar. Ela se baseia na Teoria dos Jobs To Be Done (JTBD), onde encontramos todas as condições necessárias para implementar o nosso modelo.

Popularizado por Clayton Christensen, professor de administração na Harvard Business School, o JTBD, originalmente aplicado na área de marketing, parte do pressuposto de que uma experiência só tem algum valor para o indivíduo se ela puder ajudá-lo a alcançar algum progresso na sua vida. Ou seja, se não conseguimos entender como alguma coisa pode nos ajudar a solucionar um problema, simplesmente vamos desconsiderá-la.

A teoria engloba um complexo conjunto funcional e social de necessidades, emoções e aspirações que mudam de acordo com as etapas da vida. Este desejo de progresso, associado às nossas características, influenciam as decisões que tomamos no dia-a-dia e nos orienta não só sobre aquilo que realizamos, mas também sobre as escolhas do que fazer.  Tudo o que conscientemente fazemos, incluindo não fazer nada, precisa estar em acordo com as nossas prioridades. 

Por isso, cada pessoa tem o seu próprio ponto de referência em saúde, que é o nível mental, emocional e físico que ela acredita ser possível e necessário para atingir seu objetivo em uma dada circunstância, frente às trocas que ela está disposta a fazer. 

Na miHmo entendemos que estipular metas para a pessoa não é uma estratégia de motivação. Utilizamos a abordagem needs-first para o indivíduo: inicia pela coleta ampla das necessidades, passa pela descoberta daquelas que não são atendidas e finalmente são criados os conceitos que vão atendê-las.

Por isso, na metodologia Recriar, iniciamos com o questionário de cinco perguntas essenciais: 

  •   Quem é você?
  •   Qual a sua principal necessidade?
  •   Quais outras necessidades são importantes para você?
  •   Quais são os resultados que você deseja alcançar?
  •   Como você vai medir o resultado?

 A partir destas percepções, transformamos estas necessidades em uma jornada individual, com experiências direcionadas ao progresso da pessoa. 

Para nós, saúde não é a ausência de doenças, mas sim o equilíbrio de três dimensões da nossa vida: física, mental e social. Cada miHmado, apelido dado aos nossos membros, conta com o seu próprio TIME DE SAÚDE multidisciplinar, com médico, enfermeiro, nutricionista, psicólogo e health coach, que vai guiá-lo durante sua jornada.

Por fim, nós da miHmo vamos te ajudar a tornar você a sua melhor versão. Lembre-se de assumir o protagonismo da sua saúde, porque no fundo, seu melhor “especialista” é VOCÊ.

Deixe um comentário